quarta-feira, 20 de março de 2013

O DESEJO E A DISCIPLINA



   



    O DESEJO E A DISCIPLINA

    Um dia o Desejo caminhava em seu mundo de delícias e, sem querer, esbarrou em alguém que não conhecia. Pediu desculpas, como sempre se pede (com automatismo e sem sentimento algum), e desejou continuar em seu caminho. Mas a Disciplina não se convenceu com o pedido de desculpas.
    DISCIPLINA: Porque ages feito uma máquina neste seu caminho por este mundo ilusório?
    DESEJO: Porque falas? Já lhe pedi desculpas.
    DISCIPLINA: Sempre desculpas, sempre se esquivando e fazendo de conta que não me vê, que não me conhece. Não estou escondida. Estou aqui também, presa em seus desejos inumeráveis. Porque não olhas para mim?
    DESEJO: Eu sou muito ocupado em buscar as coisas dentro da minha vontade. Tenho que evoluir e criar o meu mundo. Eu sou o gênio da lâmpada.
    DISCIPLINA: Mas o gênio da lâmpada concede desejos para outros e não para si próprio.
    DESEJO: É o que faço. Meus desejos são os desejos de todos. Todos querem o que eu quero. É de você que fogem. Você que é ruim. Está sempre dizendo: Isso pode! Isso não pode! Isso é bom! Isso é mal! Sempre questionando tudo.
        Eu não. Para mim tudo pode. Tudo que é desejado deve ser respeitado. Todos devem ter liberdade.
    DISCIPLINA: Mas isto é uma mentira! Não se pode fazer tudo o que quer. Já pensou se um assassino deseja matar quem ele quiser?
    DESEJO: É o que ele faz.
    DISCIPLINA: Faz algo errado. Tira a vida de um inocente.
    DESEJO: Quem é inocente? Não existe ninguém inocente. Todos sabem o que desejam e buscam suas satisfações.
    DISCIPLINA: Mesmo que cause mal para outro semelhante a si mesmo?
    DESEJO: Ninguém é igual a ninguém.
    DISCIPLINA: E o excesso? O excesso destrói as energias e o corpo. Os vícios causam a degradação humana.
    DESEJO: A humanidade e o universo degradam de qualquer forma. Nada que existe é permanente.
    DISCIPLINA: O Espírito é eterno.
    DESEJO: Tampouco o Espírito. Este também muda com o tempo e com as situações que passou.
    DISCIPLINA:  Mas existe o caminho do bem e o caminho do mal. O Espírito pode escolher a Disciplina e viver no bem e não participar deste mundo corrompido.
    DESEJO: Não existe diferença entre o bem e o mal. Todos morrem. Os que vivem no bem e os que vivem no mal. Uns gozam a vida e seus desejos e acarretam as conseqüências disto. Outros preferem uma vida cheia de disciplina e buscam, também, as conseqüências disto. No fundo, as conseqüências são as mesmas. Uma eterna busca pelo bem estar. O que a humanidade quer é a Felicidade.
    DISCIPLINA: Então quem está certo? A Disciplina ou o Desejo?
    DESEJO: Ambos. Não existe um sem o outro, se equilibram. Você vem escondida, sussurrando no ouvido, como a voz da consciência ou como a dama da noite, que aparece nos sonhos para mostrar coisas que no mundo ilusório as pessoas não são capazes de realizar. E são através dos desejos mais profundos que estas se realizam. Já eu, estou à flor da pele, dando o que o mundo tem de melhor, dando a ilusão, as fantasias do dia a dia. Aquele que não tem desejo nunca buscará a disciplina. Aquele que não tem disciplina jamais satisfará seu desejo.